Quem é ridículo(a)?

Alguém está andando na rua e de repente vê um homem andando de mãos dadas com uma moça que aparenta ter menos da metade de sua idade. Filha? Neta? Sobrinha? Ou apenas uma namorada? Não importa, a frase que vai soar é: “Vejam que velho ridículo”! Ridículo no dicionário é aquilo que provoca riso ouContinuar lendo “Quem é ridículo(a)?”

E quando o sonho não foi realizado?

Ouvimos desde muito cedo que os sonhos podem ser realizados. Eu disse “podem” e não “devem”. Nem sempre vamos conseguir realizar os nossos sonhos. Mas nem por isso precisamos nos tornar pessoas infelizes. Conheço muita gente que carrega consigo grandes mágoas ou um rancor tão grande, que o fardo se torna cada vez mais pesadoContinuar lendo “E quando o sonho não foi realizado?”

Por que transformar desejos em necessidades?

De imediato precisamos entender o que é um desejo e o que é uma necessidade. Desejar é querer algo, podendo ser um objeto ou não. Posso desejar um carro, uma casa, um celular ou ocupar um cargo, obter o título de mestre ou doutor, até quem sabe ser o prefeito da minha cidade. Desejos mudamContinuar lendo “Por que transformar desejos em necessidades?”

Por que os nossos sonhos mudam?

Era uma vez um menino, que na sua infância, sonhava em ser jogador de futebol. Não pensava no dinheiro, e sim porque amava jogar bola. Naquela época, jogador de futebol não era tão famoso, nem recebi os altos salários de hoje. A oportunidade não apareceu ou se apareceu ninguém contou pra ele ou deu importânciaContinuar lendo “Por que os nossos sonhos mudam?”

Crie seu site com o WordPress.com
Comece agora