Agir, reagir ou esperar?

Esperar é um verbo que pode ter dois sentidos. Um negativo e outro positivo. Esperar pode ser sinônimo de paciência, que é uma qualidade. As mudanças não acontecem da noite para o dia, e ser paciente e também resiliente, mostra que a espera é uma virtude. Do mesmo modo, esperar pode ser visto como acomodação.Continuar lendo “Agir, reagir ou esperar?”

O que o seu espelho tem refletido?

Os espelhos só mostram a realidade, nada mais que isso. Criamos a ilusão de que ao nos colocarmos em frente a ele, veremos outra pessoa. Tem gente que até vê mesmo, mas não é real. É produto de uma mente que vive no futuro, esperando que tudo seja transformado no presente, sem nenhuma ação queContinuar lendo “O que o seu espelho tem refletido?”

O que esperar do Ano Novo?

Todo ano é a mesma coisa. Chega-se ao seu final e espera-se que o próximo seja diferente, repleto de boas notícias. Mas nem sempre isso acontece. Por que será? “Quem espera sempre alcança”, já diz o ditado enganoso. E talvez porque ficamos sempre esperando é que nada acontece. Não sou um grande adepto da paciência,Continuar lendo “O que esperar do Ano Novo?”

E quando o sonho não foi realizado?

Ouvimos desde muito cedo que os sonhos podem ser realizados. Eu disse “podem” e não “devem”. Nem sempre vamos conseguir realizar os nossos sonhos. Mas nem por isso precisamos nos tornar pessoas infelizes. Conheço muita gente que carrega consigo grandes mágoas ou um rancor tão grande, que o fardo se torna cada vez mais pesadoContinuar lendo “E quando o sonho não foi realizado?”

Quem são seus inimigos?

A pergunta seria mais fácil se fosse “quem são seus amigos”? Talvez você tivesse alguma dificuldade em enumerá-los, mas certamente três, cinco ou mais surgiriam de imediato em sua mente. Mas e os inimigos? Certa vez me fizeram uma pergunta parecida: você tem algum inimigo? De imediato respondi: “Que eu saiba não”. Inimigo, na minhaContinuar lendo “Quem são seus inimigos?”

A vida começa aos 40?

Esse texto deve aguçar a curiosidade de quem passou dos trinta ou quem já está nos quarenta. Para os mais jovens, chegar nessa idade não tem tanta importância, porque quando estamos longe de um objeto, não prestamos muito atenção a ele, e o mesmo só vai ganhando forma quando vamos nos aproximando. É como aContinuar lendo “A vida começa aos 40?”

O que aprendemos com os jardins?

Jardins são como templos, silenciosos e sagrados. Mas nem sempre essa foi a minha opinião. Ter um jardim em casa passa necessariamente por duas mudanças: a primeira é na forma de pensar, a segunda é na forma de agir. Mudar de opinião ou de ideia não é tão fácil como se imagina, pois envolve umaContinuar lendo “O que aprendemos com os jardins?”

Por que é preciso ser diferente?

“Não há nada que seja maior evidência de insanidade do que fazer a mesma coisa dia após dia e esperar resultados diferentes”. A frase atribuída a Albert Einstein é perfeita para começarmos este texto, porque a partir de agora precisamos definir o que é ser diferente. Conheço gente que se diz diferente, mas só andaContinuar lendo “Por que é preciso ser diferente?”

O que é ter empatia?

Palavra da moda, empatia é algo difícil de ser alcançado. Colocar-se no lugar do outro. Compreender as emoções do outro. Entender o que o outro está sentindo, buscando para tanto ter os mesmos sentimentos que ele ou ela. Ou como diziam e dizem os mais velhos: “não faça com os outros o que você nãoContinuar lendo “O que é ter empatia?”

O que é pseudofelicidade?

O que é pseudo é falso, enganoso. Então, se digo que a felicidade é falsa, fomos enganados? Se não, onde está a verdadeira felicidade? Quando uma pessoa posta em suas redes sociais uma foto, na qual está sorrindo, rodeada por amigos e familiares, subentende-se que ela esteja feliz. Certo? Errado. Para início de conversa, aContinuar lendo “O que é pseudofelicidade?”

Crie seu site com o WordPress.com
Comece agora